quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Assassinatos de Keddie

Os Assassinatos de Keddie foram um quádruplo homicídio que ocorreu em Keddie, uma estância turística no Norte da Califórnia, Estados Unidos, em 1981. As vítimas foram Glenna Sharp, conhecida como Sue (36 anos), seu filho John (15 anos), e seu amigo Dana Wingate (17 anos). A última vítima, a filha de Sue Tina Sharp (12 anos), estava desaparecida quando o crime foi descoberto, seus restos foram encontrados em 1984 em Çamp Eighteen, condado de Butte.Os dois filhos mais jovens de Sue e seu amigo Justin ficaram ilesos. A segunda filha, Sheila, tinha passado a noite com os vizinhos, e descobriu os corpos de sua família na manhã seguinte.

Nenhuma prisão foi feita em conexão com os assassinatos. A cabana em que os assassinatos ocorreram foi demolida em 2004.




Detalhes sobre o crime

Em 12 de abril de 1981, na cabine nº 28 do Keddie Resort em Keddie, Condado de Plumas, Califórnia, os corpos de três indivíduos foram descobertos.

Glenna Sharp, 36, tinha ficado na cabine durante vários meses, juntamente com seus cinco filhos. Na noite de 11 de abril de 1981, Glenna estava hospedada na cabine com a filha, Tina Sharp, 12, e os três filhos mais jovens (dois dos quais pertenciam à Glenna). Eles foram mais tarde acompanhados por seu filho, John Sharp, 15 anos, e seu amigo de 17 anos de idade Dana Wingate, que foram vistos pegando carona a noite nas proximidades de Quincy. Na manhã seguinte, a filha de 14 anos de Glenna, Sheila, que tinha passado a noite com um amigo em uma cabine vizinha, encontrou os corpos de sua mãe, irmão e do amigo do irmão deitado na frente da sala de estar, todos haviam sido amarrados com fio elétrico e fita adesiva médica[4] e foram espancados e esfaqueados. Tina Sharp não estava junto com os corpos.

A natureza selvagem do crime era inegável: as paredes foram cobertas com cortes de faca e alguns móveis foram quebrados. O caso logo foi esquecido e o bizarro desaparecimento de Tina Sharp não foi resolvido assim como os assassinatos. A cidade de Keddie começou a perder seus visitantes e o resort virou uma cidade fantasma. Três anos após o crime, em 1984, a cabeça decepada de Tina Sharp foi descoberta perto de Feather Falls, há cerca de 32 milhas da cabine.

Um fato curioso sobre o assassinato foi que Sheila havia encontrado os seus irmãos mais novos junto com o amiguinho Justin, que também estava na casa, totalmente ilesos, e sem nenhum sinal de violência. Os relatos dos meninos foram muito confusos, pois enquanto diziam ter visto os assassinos, não sabiam dizer se havia sido apenas um sonho. A policia começou a desconfiar que Justin havia acordado, tocado em alguns dos corpos e voltado ao quarto, pois havia sangue na maçaneta do quarto onde estavam. A investigação da policia chegou à três suspeitos : os pais de Justin e o amigo deles. Eles foram interrogados incansavelmente, mas no final foram absolvidos por falta de prova.

Especialistas dizem que o despreparo da policia loca comprometeu totalmente o caso, já que o terapeuta que tratava do pai de Justin, fez uma revelação bombástica : muitos anos depois do crime, o terapeuta disse que Justin havia confessado ter matado Sue por vingança, por ela encorajar a ex-esposa de seu pai a pedir divorcio. Curiosamente, o pai de Justin havia o deixado, no dia seguinte aos assassinatos. Sobre as outras vitimas ele nunca confessou nada, mas a policia desconfia de que John havia passado a noite com o pai de Justin. Sobre os outros assassinatos, nada foi desvendado até hoje.

Créditos: wikipedia

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos e faça o HD crescer!



Agora eu vou deixar vocês com duas fotos do caso, não são muito fortes pois a qualidade da câmera é ruim e está desfocada, mas o aviso foi dado olhe por sua conta e risco.











Peço a ajuda de vocês para clicarem nas palavras sublinhadas de laranja e nos links que
mostrarão, pois assim conseguirei mais verba para melhorar o blog (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário