sexta-feira, 9 de junho de 2017

Codex Seraphinianus

O Codex Seraphinianus foi publicado originalmente em 1981, trata-se de uma enciclopédia ilustrada de um mundo imaginário, criado pelo artista, arquiteto e designer industrial Luigi Serafini, que desde então, vem intrigando todo o mundo com seu conteúdo um tanto quanto estranho.






A obra levou cerca de 30 meses para ser completada, entre 1976 e 1978. Seu criador já revelou inclusive que a linguagem utilizada é na verdade um alfabeto que leva o leitor a se sentir como uma criança, diante de um livro do qual só tenta interpretar as imagens, por não entender o que está escrito. São quase 400 páginas e mais de 1000 ilustrações.  O título do livro é nada mais que “Código de Serafini”, que além de textos indecifráveis, reúne uma coleção de ilustrações bizarras, que combinam os reinos mineral, vegetal, animal e humano; nos levando aos mundos mais imaginários possíveis. Há quem acredite que tudo isso sejam paródias surreais do mundo real, uma mistura de elementos físicos e biológicos, em uma visionária e curiosa obra.

Ele se divide em capítulos e duas seções. O primeiro é o mundo natural, abordando a fauna, flora e física. O segundo é voltado aos aspectos humanos desse planeta surreal: vestuário, história, cozinha, arquitetura, etc.












Créditos: desenhoonline


Nenhum comentário:

Postar um comentário