terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Elizabeth Short - Dália Negra

Trata-se de um dos assassinatos mais famosos da história dos EUA, sem solução até hoje. A “Dália Negra” é a vítima, Elizabeth Short, uma aspirante a atriz de 23 anos que foi brutalmente assassinada e teve seu corpo deixado em um terreno na cidade de Los Angeles, em 1947. Pouca coisa foi descoberta a respeito do crime. A investigação policial apontou que a garota passou seus últimos seis meses na zona sul da cidade, mas nunca conseguiu descobrir exatamente como nem quando foi capturada (estima-se que tenha sido entre 9 e 15 de janeiro). O cadáver foi encontrado em 15 de janeiro e, apesar da atenção massiva da mídia e de uma investigação com auxílio de autoridades federais, o responsável nunca foi descoberto ou capturado. A história, porém, ganhou o mundo, ficcionalizada em romances, filmes e até games. Elizabeth Short apareceu, por exemplo, como personagem na primeira temporada de American Horror Story.


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Família Bender

Família Bender foi uma família de assassinos em série estadunidenses, sendo constituída por John Bender, sua esposa Marli Bender, seu filho John Bender Jr. e por sua filha Kate Bender.

Os Benders possuíam uma pequena pousada no Kansas, que funcionou de 1872 a 1873, onde os crimes eram realizados. Kate era a peça fundamental para os crimes, pois, por ser muito atraente, distraía os clientes


terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Carl Tanzler

Carl Tanzler (Dresden, 8 de fevereiro de 1877 — Condado de Pasco, 23 de julho de 1952) foi um radiologista teuto-estadunidense que desenvolveu uma obsessão mórbida por uma jovem paciente cubano-americana que sofria de tuberculose, Elena Milagro "Helen" de Hoyos (31 de julho de 1909 — 25 de outubro de 1931), que ele cuidou até ela sucumbir à doença. Em 1933, quase dois anos após sua morte, Tanzler removeu o corpo de Hoyos do túmulo e viveu com o cadáver em sua casa durante sete anos, até ser descoberto por familiares de Hoyos e autoridades em 1940.


domingo, 11 de fevereiro de 2018

O Macabro Hotel Cecil - Richard Ramirez

Hotel Cecil é um hotel que ainda funciona, fundado em 1920, localizado  em Los Angeles ( se você clicar aqui pode ver a fachada do hotel pelo google maps). Há muitas histórias macabras envolvendo esse hotel, como a de Elisa Lam, na qual eu já fiz uma postagem . Bom a história que eu irei contar hoje é sobre um serial killer que frequentou o hotel Cecil na década de 80. 

Ricardo Leyva Muñoz Ramírez (El Paso, Texas, 28 ou 29 de fevereiro de 1960 — 7 de junho de 2013), mais conhecido por Richard Ramírez foi um assassino em série dos Estados Unidos, mais precisamente em Los Angeles. Foi apelidado pela imprensa norte americana como Night Stalker (Perseguidor da noite).



sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

O Desaparecimento de Lars Mittank

Em Julho de 2013, um caso chamou a atenção das autoridades da Bulgária. O sumiço do jovem alemão de 28 anos, Lars Mittank.

 Mittank estava com seus amigos, de férias, na Bulgária. O lugar onde estavam é bastante frequentado por jovens da Alemanha e Inglaterra.
 Durante um dos passeios, enquanto Mittank esperava seus amigos do lado de fora de um McDonalds, teria supostamente se envolvido em uma briga com torcedores de um time Alemão onde acabou sofrendo um ferimento no ouvido (o que mais tarde foi diagnosticado, pelo médico, como um rompimento no Tímpano).

 Passado aquela noite, Mittank e seus amigos continuaram a curtir os dias restantes na Bulgária normalmente.
 Na hora de ir pra casa, o médico disse a Mittank que ele não deveria viajar de avião por conta do ferimento em sua orelha. Resolveu, então, ficar em um Albergue até estar apto para a viagem. Seus amigos voltaram para a Alemanha.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Alguns cheiros não devem ser ignorados

Sabe quando as pessoas dizem "se algo parece ser bom demais para ser verdade, geralmente não é mesmo"? Isso é real.

Recentemente me mudei com meu namorado. Ele tinha um belo apartamento em um prédio antigo. Cobertura e tudo mais. Não estávamos juntos fazia muito, mas eu sabia desde a primeira vez que o vira que era o certo. Estávamos juntos até que a morte nos separasse, pelo menos pela minha parte.

No começo do relacionamento, eu não tinha certeza se ele se sentia da mesma forma. Sempre estava meio distante, se referindo a mim como "bebê", "mozão" ou outro apelido, nunca meu nome. De acordo com "Todas contra John", um filme cheio de bons conselhos para a vida, isso era um jeito muito claro de saber se ele tinha uma vida dupla. Tenho certeza que, no começo, ele estava saindo com várias garotas, mas tudo bem. Afinal de contas, estamos no século 21. Mas não é sobre isso que se trata essa história.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Casos de viagens no tempo pt.2

parte
Visita à Revolução Francesa

Eleanor Jourdain e Charlotte Anne Moberly eram duas acadêmicas jovens no ano de 1901. Em agosto daquele ano, as duas resolveram fazer uma viagem à cidade francesa de Versalhes e lá visitaram o Petit Trianon. Caso você não saiba, esse é um pequeno e belíssimo castelo que fica no interior do famosíssimo Palácio de Versalhes.


Ao se aproximarem do castelo, as duas sentiram o clima mudar e logo perceberam que não estavam mais em 1901. De repente, tudo parecia mais rústico, as pessoas andavam malvestidas e a miséria parecia imperar naquela região. Chegando de fato perto do castelo, o clima mais uma vez mudou. Depois de atravessar a ponte que dava acesso à estrutura, Moberly disse ter visto uma mulher com um chapéu branco com sombra e trajando um vestido bastante antiquado.



domingo, 21 de janeiro de 2018

Como estão os atores dos filmes antigos hoje em dia

Halloween
Jamie Lee Curtis: (Los Angeles, 22 de novembro de 1958), é uma atriz e escritora norte-americana. Ela fez sua estréia no cinema em 1978 por estrelar como Laurie Strode em Halloween. Um grande sucesso, o filme a estabeleceu como uma atriz notável no horror, e ela posteriormente estrelou Halloween II (1981), The Fog (1980), Prom Night (1980), Terror Train (1980), e Roadgames (1981), ganhando o status de "rainha do grito" para o grande público.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Casal é preso por manter os 13 filhos em cativeiro na Califórnia

" Vítimas, com idades entre dois e 29 anos, estavam acorrentadas em um ambiente sujo e extremamente desnutridas"

Um casal foi preso, nesta segunda-feira, em Perris, na Califórnia, suspeito de manter os 13 filhos acorrentados, famintos e imersos na sujeira na própria casa. David Turpin, de 57 anos, e Loise Turpin, de 49 anos, foram presos por tortura e por colocar em risco a vida dos filhos, informaram as autoridades.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Ritual satânico no RS

Pra quem não sabe eu sou gaucha e essa barbárie aconteceu em uma cidade próxima da minha, então trouxe essa noticia para vocês:

Dois homens de Novo Hamburgo pagaram R$ 25 mil em ritual satânico com duas crianças, diz polícia

"Para realizar magia, "bruxo" pediu que fossem usadas vítimas do mesmo sangue e que pagamento fosse à vista, aponta polícia "

A polícia está perto de concluir a investigação e prender todos os envolvidos no esquartejamento de duas crianças, cujos corpos foram encontrados em Novo Hamburgo. Nesta sexta-feira (5), o delegado Moacir Fermino divulgou que o ritual de prosperidade foi encomendado por dois homens que moram na cidade do Vale do Sinos. Eles teriam pago R$ 25 mil, à vista, pela magia negra realizada em um templo em Gravataí.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Casos de viagens no tempo pt.1

Depois de assistir a série Dark, resolvi trazer alguns casos sobre viagens no tempo para vocês.

O espectador de óculos escuros


Desde 2010, uma história curiosa começou a circular na internet. Trata-se de uma foto que revela um hipster que supostamente viajou no tempo de volta para ao passado para acompanhar de perto um evento bem específico. A imagem acima mostra em destaque esse viajante usando óculos escuros, uma câmera fotográfica em sua mão e trajando uma camisa com um “M” estampado.

domingo, 7 de janeiro de 2018

4 histórias reais por trás da série Mindhunter

1. Edmund Kemper

Primeiro entrevistado na série e interpretado pelo ator Cameron Brittle, Kemper ainda está vivo e aprisionado na Califórnia, Estados Unidos. Na vida real, é conhecido como "Co-Ed Killer". Necrófilo, ele matou os avós paternos, a mãe, um amigo e mais 6 jovens estudantes após sequestrá-las. Ao contrário do que é comum para um assassino em série, ele usou vários métodos como tiro, esfaqueamento e engasgamento. Ele também ficou famosos pelos desmembramentos. O assassino escapou da pena de morte porque isso era proibido na época.